Como saber se o ombro tem ruptura dos tendões?

É preciso suspeitar de ruptura de tendões do manguito rotador sempre que alguém (adulto) estiver sentindo dores no ombro, mesmo que esse não tenha perda de força.

A incidência desse problema aumenta com o passar da idade. Estudos comprovam que após os 60 anos 50% das pessoas possuem algum graus de ruptura do manguito rotador.

Com a minha mãe foi assim: ela teve uma queda da própria altura e começou a sentir dores na região lateral do ombro e perto do músculo bíceps (anterior). Tinha dores que pioravam ao deitar e ao levantar o braço. Algumas pessoas também têm dificuldades de levar a mão até as costas. Após avaliação clínica, suspeitei e solicitei exames complementares (RX e ressonância magnética). O diagnóstico foi concluído e o problema pôde ser resolvido.

Ruptura: (substantivo feminino) é a ação ou efeito de romper(-se); rompimento, fratura, quebradura ou interrupção de continuidade; divisão, corte.

Tendão (anatomia) é o feixe de fibras na extremidade dos músculos.

Mesmo que os tendões estejam rompidos os sintomas podem se apresentar juntos ou isoladamente a depender de cada caso. Por exemplo: a força pode estar comprometida, mas muitas vezes ela fica inalterada; cada músculo afetado pode prejudicar, mais intensamente, um movimento específico; as dores podem ser de maior ou menor intensidade a depender da inflamação; pode existir atrofia, a depender do tempo decorrido do problema.

Os métodos de imagem que podem confirmar esse problema, são:

artrografia (RX com contraste), ultrassom e ressonância magnética.

Para um estudo preciso do problema, também são necessárias radiografias simples para avaliação óssea da articulação do ombro acometido. As incidências radiográficas necessárias para isso, são: AP (NEUTRA, ROTAÇÃO EXTERNA E INTERNA) + TÚNEL E AXILAR.

Como é o diagnóstico da Ruptura do Manguito Rotador do Ombro

Como é a recuperação pós-operatória do Manguito Rotador do ombro

O que significa Síndrome do Impacto?

Síndrome é um conjunto de sinais e sintomas que se apresentam por algum motivo.

Impacto, neste caso, é o atrito que ocorre entre as estruturas ósseas dos ombros durante os seus movimentos naturais de levantar e abaixar os braços. 

Explicação; o atrito ósseo durante os movimentos naturais de abrir e/ou levantar os braços comprime os tendões causando inflamações, degenerações e ruptura dos mesmos (manguito rotador e cabo longo do bíceps).

O risco da ocorrência desse problema é variável de pessoa a pessoa a depender da anatomia de cada um, do seu equilíbrio muscular e de suas atividades repetitivas diárias.

As dores provenientes desse problema são referidas na face lateral dos braços. Com grande frequência se intensificaram ao deitar, tentar pentear o cabelo ou colocar as mãos nas costas.

Ler mais!

Agende pelo site ou pelo tel. 30200639
Clínica do Ombro Vix
Seja bem vindo(a)!
Tire dúvidas por aqui. O agendamento de consulta é realizado pelo site ou pelo 27 30200639 e 21273382.