Tratamento da Síndrome do Impacto dos Ombros

O esforço maior para o tratamento da Síndrome do Impacto deve ser focado em minimizar o impacto ou a colisão interna do ombro, atuar na causa do problema. Deve também atuar para manter a flexibilidade articular. 

A estrutura muscular, a estrutura óssea e os hábitos de atividade física são os fatores que influenciam na ocorrência do problema e, esses, são os pontos a serem  trabalhados.

Restaurar o equilíbrio entre os músculos dos ombros pode melhorar o seu funcionamento, ao passo que pode minimizar o impacto e evitar o problema.

Na estrutura óssea ou no formado ósseo dos ombros, só é possível interferir por meio de cirurgia, por meio de uma plástica das estruturas ósseas que se mostram como causa de impacto e de compressão dos tendões. Dentre elas, temos o processo coracoide, o acromio e a extremidade inferior e lateral da clavícula.

Diminuir os movimentos repetitivos que provocam o impacto ósseo pode ser muito útil no tratamento, ao passo que atua diretamente na causa do problema, como por exemplo o movimento de levantar e abaixar os braços.

Os medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios são auxiliares no tratamento da Síndrome do Impacto dos ombros, por diminuirem a inflamação e a dor, mas de forma alguma eles melhoram a causa desse problema.

Como fortalecer

Comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.