Cicatrização de tendões e ligamentos

A boa cicatrização é a principal responsável pelo sucesso do tratamento de reinserção de tendões e ligamentos.

Estudos mostram que, de regra, três meses é considerado o período de segunda, pois é o tempo que o corpo leva para uma boa cicatrização, apesar de que cada caso deve ser conduzido individualmente.

Após a reinserção dos tendões (vídeo) junto ao osso, é preciso que o braço faça repouso para permitir a sua reintegração (cicatrização).

Também mostram que a cicatrização dos tendões e ligamentos demora, aproximadamente, doze meses para que a sua resistência se aproxime da resistência dos tendões e ligamentos normais.

As três fases da recuperação pós-operatória do ombro e cotovelo

Dentro do processo de reabilitação pós cirúrgica no ombro, existem três fases. São elas: a fase de repouso e cuidados com o curativo, a de recuperação de movimentos e a de recuperação da força muscular.

Na fase de repouso o braço precisa ficar imobilizado com uma tipoia para que os tendões cicatrizem.

Na segunda fase a articulação deve ser alongada restituir a amplitude de movimentos (ADM).

A recuperação da força muscular só deve ser iniciada quando a cicatrização estiver completa e a cirurgia fora de risco.