O principal critério para não operar uma lesão completa do Manguito Rotador é a ausência de condições de saúde do paciente.

As rupturas totais do Manguito Rotador são de tratamento cirúrgico. Essas lesões não cicatrizam sozinhas, principalmente as de causa não traumática.

Se a pessoa têm condições favoráveis de saúde a melhor conduta é a correção da lesão através da reinserção do mesmo por meio de uma artroscopia.

A cirurgia deve ser feita o quanto antes, pois os tendões lesionados atrofiam, chegando ao ponto de tornar o procedimento inviável.

Essas lesões tem tendência de crescimento progressivo, pois ocorre sobrecarga dos outros tendões, podendo causar novas rupturas.

Podemos até não operar uma lesão dos tendões do Manguito Rotador, desde que a mesma não esteja comprometendo a espessura completa do tendão.

Nesses casos, é muito importante que haja acompanhamento da lesão, com exames de imagem.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.